DSpace
 

RIUFF >
Ciências da Saúde >
EEAAC - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa >
PACCS - Programa de Pós-Graduação em Ciências do Cuidado da Saúde >
PACCS - Teses e Dissertações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.uff.br/jspui/handle/1/984

Title: A abordagem sócio emocional de enfermagem ao adolescente em situação crônica de saúde
Authors: Balistieri, Aline Schütz
???metadata.dc.contributor.advisor???: Tavares, Claudia Mara de Melo
???metadata.dc.contributor.members???: Almeida, Inez Silva de
Silva, Rose Mary Costa Rosa Andrade
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Balistieri, Aline Schütz. A abordagem sócio emocional de enfermagem ao adolescente em situação crônica de saúde. 2012. 108 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde)- Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2012
Abstract: Dissertação de mestrado que se propôs a analisar o modo como a doença crônica afeta o estilo de vida do adolescente e sua forma de relacionamento social, identificar necessidades de saúde de natureza socioemocional dos adolescentes em situação crônica de saúde e discutir ações de natureza socioemocional, que possam ser realizadas pela equipe de enfermagem. Trata-se de um estudo qualitativo e descritivo, que foi realizado no ano de 2012 com adolescentes entre 12 e 18 anos, que se tratam no ambulatório de especialidades do Núcleo de Estudos da Saúde do adolescente (NESA), localizado no Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), Rio de Janeiro. Os aspectos éticos foram respeitados conforme a resolução 196/96. A coleta de dados se deu através de entrevistas semiestruturadas, individuais, com perguntas abertas. O estudo tem base no referencial teórico do Interacionismo Simbólico. Para análise dos dados, foi utilizada a análise temática de conteúdo de Minayo, com categorização dos dados. As categorias de base encontradas foram: “O cotidiano e a situação crônica de saúde: estilo de vida e o relacionamento social dos adolescentes”, “Necessidades socioemocionais do adolescente, decorrentes da situação crônica de saúde” e “O enfermeiro no ambulatório de adolescentes em condição crônica de saúde”. Após análise das entrevistas, verificou-se que a doença crônica pode afetar de formas diferentes os adolescentes, dependendo da singularidade de cada um, assim como foi identificado que o tempo favorece um melhor convívio dos mesmos com a doença crônica. As necessidades emocionais mais identificadas foram em relação ao medo e a tristeza, assim como a necessidade social relacionada à exclusão e à estigmatização pelos amigos, não sendo identificada nenhuma dificuldade de relacionamento familiar a partir da situação de saúde. As ações de enfermagem, que podem ser desenvolvidas a fim de atender as necessidades socioemocionais desses adolescentes, se relacionam à promoção da autonomia dos mesmos, a fim de que se tornem atores de seu cuidado e saibam lidar com as emoções negativas trazidas pela doença crônica. É válido ressaltar que a formação da aliança terapêutica com o adolescente é a maior ação de enfermagem destacada nesse estudo, pois é a partir dessa interação, com o desenvolvimento de respeito e confiança junto a esse sujeito, que o enfermeiro poderá se aproximar e participar ativamente desse tratamento, dando o suporte socioemocional que for necessário.
???metadata.dc.description.abstractother???: Master's dissertation that is proposed to analyze how chronic illness affects the teenager’s lifestyle and his social relationship, identify health needs of socioemotional nature of teenagers in chronical health condition and discuss actions of socioemotional nature, that may be performed by nursing staff. It’s a qualitative and descriptive study, that was performed in the year of 2012, with teenagers from 12 up to 18 years, whose treatment is at the Center of Studies of teenager health (NESA), located in University Hospital Pedro Ernesto (HUPE), Rio de Janeiro. The ethical aspects were respected as resolution 196/96. The Data collection occurred through semi-structured interviews, individual, with open questions. The study is based on theoretical referential of Symbolic Interacionism. For data analysis, was used to thematic content analysis of Minayo, with categorization of the data. The basic categories found were: "The quotidian and the chronical health condition: lifestyle and the social relationship of teenagers", " Socioemotional needs of teenager, resulting from the chronical health condition" and "The nurse in the outpatient clinic with teenagers in a chronical health condition". After interviews’s analysis, it was found that the chronic disease can affect the teenagers in different ways, depending on the uniqueness of each one, as it was also found that the time favors a better conviviality of the same with the chronic disease. The emotional needs more identified were in relation to the fear and sadness, as well as the social need related to exclusion and stigmatization by friends, not being identified difficulty in family relations. The nursing actions, which can be developed in order to assist the socioemotional needs of these teenagers, are related to promoting their autonomy, so they become actors of their care and know how deal with the negative emotions brought about by the chronic disease. It’s worth noting that the formation of therapeutic alliance with the teenager is the biggest nursing action highlighted in this study, and from this interaction, with the development of respect and trust in this subject, that the nurse will come closer and participate actively in this treatment, giving the emotional support that is necessary.
URI: http://www.repositorio.uff.br/jspui/handle/1/984
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Aline Schutz Balistieri.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback