DSpace
 

RIUFF >
Ciências Sociais Aplicadas >
EST - Faculdade de Administração, Ciências Contábeis >
PPGAd - Programa de Pós-graduação em Administração >
PPGAd - Teses e Dissertações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.uff.br/jspui/handle/1/2005

Title: Análise de viabilidade de produção de biodiesel a partir do resíduo de soja do Porto de Paranaguá: uma abordagem determinística e de simulação de risco como subsídio ao processo decisório
Authors: Pazzini, Humberto Santiago
???metadata.dc.contributor.advisor???: Murta, Aurélio Lamare Soares
???metadata.dc.contributor.members???: Stringari, Danyelle
Castro Junior, Joel de Lima Pereira
Issue Date: 22-Jul-2016
Abstract: O Porto de Paranaguá é o maior porto graneleiro da América Latina e um grande gerador de resíduos sólidos, em especial o de soja, o que acarreta problemas ambientais, como poluição, mau cheiro e atração de fauna sinantrópica nociva. O presente trabalho teve como objetivo realizar uma análise de viabilidade financeira, complementada por simulações de risco da implantação e da operação de uma usina produtora de biodiesel, a partir de resíduos de soja do Porto de Paranaguá, visando suprir parte da demanda por combustíveis e, consequentemente, reduzir problemas e desperdícios ocasionados pelo descarte inadequado desta oleaginosa. A análise financeira foi realizada mediante os métodos tradicionais de avaliação de investimentos; para análise de risco, utilizou-se a técnica de simulação de Monte Carlo. A taxa mínima de atratividade (TMA) considerada no estudo de caso foi de 7,25% ao ano. A partir da análise financeira, estima-se a obtenção dos seguintes resultados: payback no 5º ano; valor presente líquido (VPL) de R$ 1.089.537,56 e taxa de retorno interna (TIR) de 27% ao ano. O resultado das simulações indicou para a variável de saída (VPL) valor médio de R$ 296.303,13. Como resultado final, a simulação mostra que haveria 45,8%, 18,8 ou 11,1% de chances de o investimento não oferecer o retorno mínimo esperado pelo empresário, dependendo da situação adotada. Ressalta-se a importância das técnicas de simulação na geração de informações imprescindíveis para a tomada de decisões.
???metadata.dc.description.abstractother???: The Port of Paranaguá is the largest grain port in Latin America and a major generator of solid waste, especially soybean, which causes environmental problems such as pollution, odor and noxious synanthropic fauna attracting. The present study had a objective to accomplish an analysis of financial viability, complemented by simulations of risk of a deployment and operation of a plant producing biodiesel from soybean residues of the Port of Paranaguá, in order to supply part of the demand for fuels and consequently reduce waste and problems caused by inappropriate disposal of this oilseed. The financial analysis was accomplished by the methods of evaluation of projects and, for the risk analysis was used the technique of Monte Carlo’ simulation. The minimum rate of attractively (MRA) considered in the case studied was 7.25%. From the financial analysis, the following data were obtained: payback in the 5th; liquid present value (LPV) of R$ 1.089.537, 56 and rate of internal returns (RIR) of 27% per year. The result of the simulations, indicated for the exit variables, LPV medium values of R$296.303,13. As a final result, the simulation shows that there would be 45.8%, 18,8% or 11,1% chance the investment will not provide the minimum return expected by the entrepreneur, depending on the situation adopted. As result, the process of simulation techniques in the generation of information has extreme importance for taking decisions.
URI: http://www.repositorio.uff.br/jspui/handle/1/2005
Appears in Collections:PPGAd - Teses e Dissertações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
HumbertoPazzini.pdf4.99 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback